Players 2136 Views

  • Fembed
  • Hydra
  • Drive

Project S – The Series : Side By Side: 1x4

Episódio 4

Aug. 05, 2017
Compartilhar18

(3) comments

  • Wal7 de maio de 2020Responder

    É o quarto episódio que assisto e estou encantado com essa série linda e emocionante, já usei todo o estoque de lenços pois o que já chorei até agora nossa, mas vale a pena ótima série, mais uma a senhora Tailândia de parabéns e parabéns a vocês do Pifansub por legendar essa preciosidade !!!

  • Laiana Silva.3 de janeiro de 2020Responder

    Essa série é tensa, mas sinceramente, é uma das melhores séries que já assisti. Não consigo gostar da mãe do Dong de jeito nenhum, sei que é importante dar mais atenção ao Gym, mas ela ignora completamente a existência do Dong como humano, é como se pra ela, o Dong fosse um robô criado para fazer absolutamente tudo em função do Gym, e dela própria, como desencargo de consciência. Amo o Dong demais, ele é super incompreendido, parece que só a Nai consegue enxergar ele. Aliás, Nai é um anjo na terra, quando ela sorri, minha vida se ilumina s2
    O Gym, coitado, não tem culpa da tia agir desse jeito. 🙁

  • Day30 de dezembro de 2019Responder

    Esses dias eu estava no correio para pagar uma conta. Estava sentada de boa…. cabeça baixa olhando para os papéis que eu tinha na mão. Eu só ouvi uma voz de uma mulher pedindo para o filho sentar mais perto dela… onde ela pudesse enxerga-lo. Não sei se ele era autista, só sei que ele estava sentado ao meu lado de boa… Jogando no celular, até que derrapante, ele começou a ficar agressivo, gritava, e se debatia… Eu sem saber o que fazer, tentei agir normalmente… Mas ele começou a ficar cada vez mais agressivo, saqueando a cadeira… Não sei se ele estava tentando chamar a minha atenção para olhar para ele, ou se estava irritado comigo, ou com o jogo que ele estava jogando anteriormente…. Eu não queria fazer isso, mas tive que sair de perto, para ver se ele se acalmava. É complicado, como eu não convivo com pessoas que tenham autismo, eu não soube como agir naquela hora… Até não sei se A mãe do rapaz com autismo não ficou chateada comigo. Eu tentei agir mais naturalmente que pode.

Deixar um comentário

Name *
Add a display name
Email *
Your email address will not be published
Website